Embaixador da Espanha pede flexibilização de normas para a entrada de espanhóis no Brasil

Posted on 03/04/2012

0


Apelo surge no primeiro dia de vigência dos novos pré-requisitos para imigrantes do país

No mesmo dia em que o Brasil inaugurou uma série de novos requisitos para a entrada de espanhóis em seu território, a Embaixada da Espanha no Brasil já manifestou seu desejo de negociar uma flexibilização dessas normas com o Ministério das Relações Exteriores. 

Em entrevista à Agência Estado, Manuel de la Cámara, embaixador da Espanha no Brasil manifestou seu interesse em tratar sobre o assunto com o governo brasileiro e disse que deseja que os dois países reduzam suas exigências para brasileiros e espanhóis que querem ingressar nas duas nações.

Para Cámara, a Espanha estaria entristecida com as medidas que o governo brasileiro passou a adotar nesta segunda-feira (02/04). Para o diplomata há uma grande relação de amizade em jogo e os atritos podem ser resolvidos com o diálogo entre os governos.

Como o Brasil vive um crescimento econômico acentuado e, ao mesmo tempo, uma enorme carência de profissionais qualificados, Câmara alegou que a Espanha, dona de uma das maiores taxas de desemprego da Europa, poderia oferecer engenheiros e técnicos excluídos do mercado de trabalho.

A partir desta segunda-feira, os espanhóis que desejarem ingressar no Brasil serão submetidos a uma série de novas exigências. Além de estar com o passaporte válido por, no mínimo, seis meses, também terão que apresentar os comprovantes de passagens de ida e volta com data marcada. Mais além, também será necessária uma renda mínima: ao pisar em solo brasileiro, o cidadão espanhol terá que comprovar que tem condições financeiras para arcar com até 170 reais de despesas por dia.

A decisão foi tomada pelo governo brasileiro como resposta ao tratamento dispensado aos brasileiros que tentam ingressar em território espanhol. Até agosto de 2011, 1.005 brasileiros foram barrados em aeroportos do país. A estimativa é de que cerca de 158,7 mil brasileiros vivam em território espanhol. Na Europa, a comunidade brasileira é de aproximadamente 900 mil.

Extraído do portal Opera Mundi – ultima atualização em 03/04/2012

Anúncios