Aldo comenta saída de Ricardo Teixeira; Romário endurece críticas

Posted on 13/03/2012

0


Após o anúncio feito nesta segunda-feira (12) de que Ricardo Teixeira renunciara à presidência do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, soltou uma nota manifestando apoio ao novo dirigente da COL, José Maria Marin.

"O Ministério do Esporte reafirma sua determinação de continuar cooperando com a entidade responsável pela organização do Mundial. Seguiremos trabalhando em harmonia para o êxito das tarefas comuns necessárias ao sucesso do evento", diz o texto.

Leia também:
Ricardo Teixeira renuncia e é assunto mais comentado do Twitter
Altamiro Borges: A queda do cartola Ricardo Teixeira

Por outro lado, aproveitando o calor da ocasião, o deputado federal Romário (PSB-RJ) publicou, em seu Facebook, críticas não somente a Teixeira, mas também ao novo presidente da CBF e da COL, José Maria Marin.

De acordo com Romário, com a saída de Teixeira, “exterminamos um câncer do futebol brasileiro. (…) Espero que o novo presidente, João Maria Marin, o que furtou a medalha do jogador do Corinthians na Copa São Paulo de Juniores, não faça daquele ato uma constante na Confederação. Senão, teremos que exterminar a Aids também”.
O ex-jogador se refere ao fato de o dirigente ter sido flagrado recentemente por câmeras de TV colocando no próprio bolso uma das medalhas da premiação do título da Copa São Paulo de juniores conquistado pelo Corinthians.
No mesmo tom, ele prossegue: “Desejo boa sorte ao novo presidente e espero que a partir de hoje (acho muito difícil e quase impossível) a CBF dê uma nova cara para o nosso futebol”.
Mais gafes
O novo presidente da CBF e do COL cometeu outra uma gafe nesta segunda-feira (12). "Vou assumir o COL ao lado de um grande ex-jogador, o Romário", disse Marin, que, em seguida, percebeu a falha e lembrou que o outro membro do COL, é o ex-jogador e hoje empresário, Ronaldo.
Enquanto Romário é um dos principais críticos à organização da Copa-2014, Ronaldo integra o Conselho de Administração do COL e é um dos principais nomes à frente da organização do Mundial do Brasil

Extraído do portal Vermelho – ultima atualização em 13/03/2012

Anúncios