Lula fará quimioterapia para combater tumor na laringe

Posted on 29/10/2011

0


O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, 66 anos, recebeu o diagnóstico de um tumor localizado de laringe, após realizar exames hoje (29), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Para combater, fará uma série de sessões de quimioterapia a partir de segunda (31). "O presidente Lula é um líder, um símbolo e um exemplo para todos nós. Tenho certeza deque, com sua força, determinação e capacidade de superação de adversidades de todo o tipo, vai vencer mais esse desafio", declarou Dilma Rousseff.

"As chances de cura são excelentes", afirmou um dos oncologista da equipe que atende Lula, Artur Katz. Segundo boletim médico do hospital, divulgado por volta das 11h deste sábado, Lula passa bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial. O médico Paulo Hoff, um dos responsáveis pelo tratamento que o ex-presidente vai fazer contra o tumor, disse que Lula estava apresentando rouquidão acima do normal, o que o levou a fazer os exames e permitiu detectar o tumor.
O oncologista Artur Katz declarou que o estado de Lula é "muito bom". "Ele está em ótimo estado geral." Katz destacou que o tumor descoberto na manhã de hoje não é "muito grande". "Deseja-se que ele possa levar uma vida normal em quantidade e qualidade, após o tratamento", disse o médico.
A equipe médica preferiu a quimioterapia à cirurgia, "para preservar as funções da laringe". 
A assessoria de Lula contou que ele foi ao hospital Sírio Libanês ontem por conta de dores na garganta. O ex-presidente, segundo Hoff, pediu aos médicos que sua doença fosse tratada "com transparência". As sessões de quimioterapia já começarão na segunda-feira (31).

Repercussão
Em nota divulgada neste sábado (29), a presidente Dilma Rousseff, comentou a notícia. "O presidente Lula é um líder, um símbolo e um exemplo para todos nós. Tenho certeza deque, com sua força, determinação e capacidade de superação de adversidades de todo o tipo, vai vencer mais esse desafio."
Ela lembrou sua experiência com a doença, em 2009, quando passou por tratamento para linfoma não-Hodgkin. "Graças aos exames preventivos, a descoberta do tumor foi feita em estágio que permite seu tratamento e cura. Como todos sabem, passei pelo mesmo tipo de tratamento, com a competente equipe médica do Hospital Sírio Libanês, que me levou à recuperação total. Tenho certeza de que acontecerá o mesmo com o presidente Lula.", diz a nota.
E acrescentou: "Como presidenta da República e ex-ministra do presidente Lula, mas, sobretudo, como sua amiga, companheira, irmã e admiradora, estarei a seu lado com meu apoio e amizade para acompanhar a superação de mais esse obstáculo."
A notícia logo tomou conta das páginas principais das versões on-line de jornais de todo mundo. Na Argentina, tanto no líder em vendas "El Clarín", quanto no concorrente "La Nación". O chileno "La Tercera" repercutiu o anúncio da doença colocando Lula em destaque em seu site.
O site da BBC destacou em sua página inicial a notícia, ressaltando que Lula presidiu o Brasil em um período de forte crescimento econômico, retirando milhões de pessoas da pobreza.
Na Espanha, o site "20 minutos" deixou por algum tempo a informação como notícia principal de sua página, com uma grande fotografia do ex-presidente e os dizeres "Lula padece de câncer".
O português "Diário de Notícias" também comentou, afirmando que o brasileiro terminou em 2010 seu segundo mandato "como o mais bem avaliado da história do Brasil".
O que é a doença?

A laringe é um órgão situado na região do pescoço e tem funções respiratórias e relacionadas ao aparelho vocal. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), do Ministério da Saúde, o câncer de laringe atinge principalmente homens e é um dos mais comuns na região da cabeça e pescoço.
O site do instituto informa que fumantes têm dez vezes mais chances de desenvolver câncer de laringe que não fumantes. Mas também existem causas virais e não é possível ainda dizer o que levou ao desenvolvimento do tumor de Lula. "As chances de cura são excelentes", completou. Lula é ex-fumante e tinha o hábito de fumar cigarrilhas.
O câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos na região da cabeça e pescoço, segundo o Inca. O instituto informa que dois terços dos tumores do gênero ocorrem na corda vocal.

Com agências

Extraído do sítio Vermelho – ultima atualização em 29/10/2011

Anúncios
Posted in: Brasil, Lula, Saúde