Erdogan diz que Turquia escoltará navios de ajuda humanitária com destino a Gaza (uma nova guerra se formando?)

Posted on 09/09/2011

0


O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta quinta-feira (08/09) que a Marinha do seu país escoltará os barcos que levarem ajuda humanitária à Faixa de Gaza.
A declaração vem dias após Erdogan anunciar o congelamento das relações diplomáticas e comerciais com Israel, uma resposta a um relatório das Nações Unidas que considerou legal o bloqueio marítimo a Gaza que motivou a expedição da Flotilha da Liberdade em 2010, embora acuse Israel de uso excessivo de força. Na operação, nove turcos foram mortos.
Leia mais:
Um ataque desumano
Carta da Flotilha da Liberdade, por Iara Lee

Netanyahu: Israel não tem interesse em "deterioração" de relações com Turquia
Em resposta a relatório da ONU, Turquia expulsa embaixador e suspende acordos militares com Israel
Marinha israelense aborda navio do comboio humanitário que seguia a Gaza

"Os navios de guerra turcos se encarregarão de proteger os barcos turcos com ajuda humanitária para a Faixa de Gaza", submetida a um bloqueio israelense, declarou Erdogan ao canal de televisão Al Jazeera. "De agora em diante, nós não deixaremos esses navios serem atacados por Israel, como aconteceu com a Flotilha da Liberdade", disse o primeiro-ministro
Durante a entrevista, Erdogan também garantiu que seu país tem tomado medidas para prevenir a exploração unilateral dos recursos naturais no Mar Mediterrâneo por Israel. "A Turquia será firme em seu direito de controlar as águas territoriais no leste do Mediterrâneo", ressaltou.
*Com informações da AFP e da Al Jazeera

Extraído do sítio Opera Mundi – ultima atualização em 09/09/2011

Anúncios