Se ferrou…

Posted on 25/05/2009

0


Leiam a repotagem publicada no Globo on Line:

Abuso

Carteirada: deputado xinga funcionárias após mordomia negada

Publicada em 23/05/2009 às 17h59m

O Globo

Aeroporto de Brasília, paraíso das carteirada. Na foto, funcionárias dos detectores de metais durante o trabalho - Gustavo Miranda

RIO – Por ter de passar por raios X, o deputado Paes Landim (PTB-PI) xingou funcionárias do aeroporto internacional de Brasília, num dos recentes casos de "carteirada" na cidade. Reportagem de Jailton de Carvalho, publicada na edição deste domingo do jornal O GLOBO, mostra que a prática é comum entre autoridades da República, que usam os cargos que ocupam para tentar burlar a segurança ou para usufruir mordomias nos embarques e desembarques.

– Eu já não disse que sou deputado? Vá se f., vai tomar no c. – teria esbravejado Landim, ao se recusar a colocar as bagagens na esteira de raio-X.

Após o episódio, as duas funcionárias registraram queixa, o que levou a Polícia Federal a pedir à Procuradoria Geral da República e à Corregedoria Geral da Câmara uma investigação criminal e também por possível quebra de decoro do deputado.

De acordo com a reportagem, essa não é a primeira denúncia de abuso que pesa contra o deputado. Há cinco meses, Landim foi retirado à força e sob vaia de um avião da Gol porque se recusou a passar pelo detector de metais do portão de embarque.

Procurado pelo GLOBO, o deputado confirmou o embate com as funcionárias do aeroporto, mas negou que tenha usado palavrão para xingar as mulheres.

Em 17 de junho do ano passado, o primeiro secretário do Itamaraty Carlos Leopoldo Gonçalves de Oliveira deu voz de prisão a Amanda Maria de Moura, atendente da TAM. Motivo: ela se recusou a embarcar uma delegação estrangeira que havia chegado atrasada ao aeroporto. O GLOBO tentou fazer contato com Oliveira na sexta-feira, mas a assessoria do Itamaraty não conseguiu localizar o diplomata.

Vamos saudar as funcionárias ofendidas por essa cidadão que foi eleito, por nós, deputado. É assim que temos que tratar esses medíocres quando tentam ser mais o que o cidadão trabalhador.

Anúncios
Posted in: Uncategorized