Valença terá moradias do programa Minha Casa Minha Vida

Posted on 22/05/2011

0


O déficit habitacional de Valença registra quatro mil famílias à espera de concretizar o sonho da casa própria. Com o objetivo de resolver o problema da falta de residência da população, a prefeitura da cidade – em parceria como governo federal, através do Projeto Minha Casa Minha Vida – irá implementar a construção de 505 unidades.

De acordo com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Valença, Marcos Alexandre, todo o projeto foi aprovado pela Caixa Econômica Federal, tanto a parte de topografia quanto a de engenharia e arquitetura. A previsão é que no final deste mês a verba necessária para a obra seja liberada. Segundo o secretário, o orçamento previsto para a concretização do empreendimento será de R$ 22 a 26 milhões para a construção de cada unidade.

Conforme explicou Alexandre, a escolha das famílias a serem beneficiadas foi realizada seguindo orientações do governo federal, que determina que sejam primeiramente selecionados os moradores de áreas de risco e que tenham como chefe da família uma mulher. A prefeitura, por sua vez, determinou mais duas características para nortear a seleção: o tempo de permanência da família no município e o número de pessoas que residem em uma mesma habitação.

- Reconhecemos a necessidade de todos, porém precisamos atender primeiramente aquelas pessoas que mais precisam. Neste grupo estão as famílias que detenham renda mensal de zero a três salários mínimos. Por isso, quem obtiver a pontuação mais alta será diagnosticada como prioridade – ressaltou.

Pelo programa do governo federal, o financiamento é calculado sobre  10% do salário do beneficiário, que só começa a pagar quando a família passa a residir na nova casa.

A previsão é que – após o início das obras – o empreendimento esteja concluído em 11 meses. De acordo com o secretário, a ideia inicial era distribuir essas construções também entre os distritos. Porém, para a empresa responsável pela construção, seria inviável essa pulverização. Assim, o modelo escolhido foi o de centralização das unidades em um único local. O bairro Vadinho Fonseca vai receber o empreendimento, que ficará localizado ao lado da estrada do Contorno e perto do conjunto habitacional da localidade. Segundo a prefeitura, está sendo estudada a possibilidade de criar um acesso ao condomínio já existente às casas do programa federal.

- Todo o processo de planejamento e implementação deste projeto teve a participação do Conselho Municipal de Habitação, que teve papel imprescindível para atender às necessidades da população – completou.

Previsão de 2 mil moradias até 2012

Conforme ressaltou o secretário de Planejamento, no bairro Vadinho Fonseca já estão instalados todos os equipamentos urbanos, como rede de água e esgoto, iluminação e ruas asfaltadas. Segundo ele, a prefeitura se comprometeu a melhorar a infraestrutura local com a construção de praças e parques, além da implementação do sistema de coleta seletiva. Inicialmente, as creches e escolas do bairro receberão os novos moradores, porém já se espera que as antigas estruturas não dêem vazão e está previsto o investimento para a construção de novas unidades educacionais.

Outra questão será o acompanhamento social das famílias.

- Contaremos com assistentes sociais para o trabalho de orientação e adaptação das pessoas nesta nova comunidade. A intenção é evitar a favelização e garantir a qualidade de vida da população – destacou.

De acordo com o secretário, a meta é construir até o final do próximo ano duas mil novas casas.

- A prefeitura está trabalhando de forma a tentar resolver o problema do déficit habitacional do município – finalizou.

Extraído do sítio do Diário do Vale – última atualização em 21/05/2011

About these ads